Please login/register to apply for this job.
16 set 2019

2 mil vagas temporárias em Cuiabá 2019

Empregos_Cuiabá Sem Localização

Descrição da Oferta

Emprego temporário em Cuiabá 2019

Emprego em Cuiabá.

.

Você está esperando as contratações de fim de ano para conquistar uma vaga de emprego temporário? Quer aproveitar muito bem essa oportunidade com desempenho acima da média e garantir sua efetivação no mercado de trabalho cuiabano?

.

A seguir transcrevemos uma matéria muito bem detalhada sobre o assunto, com dados técnicos, estatísticos, estimativas e entrevista com os representantes classistas, traçando um cenário para as vagas de fim de ano em Cuiabá e Várzea Grande. A matéria é da jornalista Silvana Bazani, Jornal A Gazeta, edição de 16/09/2019.

.

Otimistas com a perspectiva de vendas para o último trimestre, comerciantes de Mato Grosso projetam aumento nas contratações temporárias de trabalhadores.

.

Para atender a demanda sazonal no varejo nos últimos meses do ano, especialmente em dezembro, as empresas começarão a recrutar no próximo mês, quando é celebrado o Dia das Crianças (12). Estimativa é que sejam abertas duas mil vagas de emprego
temporário no fim de 2019, segundo a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Cuiabá. Projeção é 66% maior que a traçada para igual período de 2018, quando a entidade previu a contratação de 1,2 mil trabalhadores. Na época, a estimativa foi 40% superior a 2017.

Clique aqui para conferir as últimas vagas abertas

Cargos com maior oferta

Maior parte das vagas é destinada a suprir a necessidade dos estabelecimentos comerciais de Cuiabá e Várzea Grande, nas funções de Vendedor, Ajudante e Balconista.

Incremento das vendas no varejo reflete em outros setores econômicos como indústria e prestação de serviços.

Consequentemente surgem oportunidades de trabalho para outras funções, como Recepcionista, Cabeleireiro e Cozinheira, cita o CDL.

Em todo o país, a geração de vagas formais através do trabalho temporário deve crescer 13,8% entre setembro e dezembro,
comparado com igual intervalo de 2018, aponta a Associação Brasileira do Trabalho Temporário (Asserttem). No período poderão ser disponibilizadas pelas empresas 570 mil vagas temporárias, ante 500 mil em 2018.

 

Goiabeiras Shopping, oferece centenas de empregos em Cuiabá.

 

Em razão do Dia das Crianças, celebrado em outubro, a expectativa é de um crescimento de 19,8% nas contratações temporárias em todo o país, comparado com igual período do ano passado. Acréscimo maior na abertura de vagas é projetado para dezembro, com 21,8% sobre o último mês de 2018. Presidente da Asserttem, Michelle Karine, lembra que essa modalidade de contratação supre uma necessidade das empresas, sendo utilizada em diversos setores e para qualquer nível de ocupação e qualificação. Acrescenta que a contratação de trabalho temporário, prevista na Lei 6.019/74, contribui para a organização das empresas. Os empregadores ainda estão em fase de adaptação às especificações da legislação sobre o assunto, atualizada em março de 2017. “O cenário está em constante transformação e as empresas estão se reinventando, se reestruturando e buscando formas e alternativas formais de contratar trabalhadores, nas mais variadas qualificações, preservando os direitos, mas com oxigênio suficiente para acompanhar a oscilação da economia”.

 

Influenciadores

Dois fatores principais irão influenciar o aumento das contratações temporárias nos próximos 3 meses. São eles a recuperação econômica em função da aprovação da reforma previdenciária e o avanço das discussões sobre ajustes na legislação tributária, avalia o presidente da CDL, Nelson Soares, que cita, ainda, a MP da Liberdade Econômica (881/2019), que poderá ajudar na abertura de empresas com a simplificação de regras e, consequentemente, na criação de novos postos de trabalho. “Começamos a ver os primeiros sinais de retomada da economia e os empresários estão otimistas com isso”, afirma o vice presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Mato Grosso (Fecomércio/MT), Manoel Procópio.

.

Shopping 3 Américas

Prognósticos para crescimento do PIB

Na semana passada, o Ministério da Economia elevou a projeção de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro para 0,85% em 2019. Na avaliação anterior, divulgada em julho, a expectativa era de crescimento de 0,81%. “Acreditamos na retomada das contratações de trabalhadores temporários a partir de outubro, principalmente porque nos últimos 4 anos as demissões prevaleceram. Agora é preciso recontratar e qualificar essa mão de obra”. Trabalhadores interessados em aperfeiçoar os conhecimentos para atuar no varejo local podem procurar o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), avisa Procópio. Na rede de lojas Moda Verão, os treinamentos dos trabalhadores admitidos para o atendimento no fim de ano iniciam em novembro, segundo o gerente geral Gilson Siqueira. Ele projeta a abertura de 70 novas vagas com prazo determinado nas 14 lojas espalhadas por Cuiabá e Várzea Grande. Em torno de 15% desses trabalhadores são efetivados após o contrato de trabalho temporário. “Outros acabam recontratados para atender a necessidade da empresa em outras datas comemorativas, como o Dia das Mães”, cita Siqueira. Maior parte das oportunidades é para atuar nos setores de vendas, caixa, crediário, estoque e pacote.
Para a presidente da Asserttem, o contrato de trabalho com prazo determinado representa uma solução viável para empresas e
trabalhadores. Aos empregadores possibilita maior flexibilidade de gestão e aos trabalhadores permite adquirir conhecimentos e
novas experiências no mercado laboral, sem prejuízo aos direitos assegurados na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). “A contratação temporária nunca foi uma precarização das condições de trabalho. Desde 1974, a lei prevê que o trabalhador temporário tenha o mesmo salário do efetivo equiparado, assim como INSS, FGTS, 13º e férias proporcionais ao período trabalhado”, esclarece.

 

Pantanal Shopping, um moderno centro comercia de Cuiabá

 

Pela característica transitória da contratação, não cabe o aviso prévio e nem a multa dos 40% do FGTS, complementa Karine.

Agências de trabalho temporário são responsáveis por intermediar, organizar e acompanhar este tipo de contração junto às
empresas e trabalhadores, além de inserir no Sistema de Registro das Empresas de Trabalho Temporário (SIRETT) da Secretaria
do Trabalho, o cadastro dos trabalhadores temporários contratados, detalha a presidente da Asserttem. Em relação à vigência do contrato, tem a duração atrelada à necessidade transitória da empresa, sendo o período máximo para contratação de até 6 meses, com possibilidade de prorrogação por até mais 3 meses.

.

VG Shopping, o pioneiro em Várzea Grande

 

Último trimestre De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad C) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), foram firmados 128 mil contratos com prazo determinado no último trimestre de 2018 em Mato Grosso, 15,2% abaixo das contratações realizadas no mesmo período de 2017, quando foram 151 mil. Da mesma forma, diminuiu a intenção dos empregadores por suprir necessidade momentânea por pessoal nas empresas em Cuiabá no fim do ano passado. Na Capital foram admitidos 23 mil trabalhadores temporários nos 3 últimos meses de 2018, 11,5% a menos que no fechamento de 2017, quando totalizaram 26 mil. Demanda sazonal por mão de obra também foi menor na região Centro-Oeste (-4%) e no Brasil (-6,3%) nos meses de outubro a dezembro do último ano, ante igual intervalo de 2017. No país, as admissões temporárias recuaram de 7,094 milhões no 4º trimestre de 2017 para 6,641 milhões no 4º trimestre de 2018. No Centro Oeste, o número de contratos temporários baixou de 591 mil para 563 mil, comparados os 3 últimos meses dos respectivos anos. Por essa base comparativa houve aumento dos contratos apenas na região do Vale do Rio Cuiabá (VRC), onde passou de 39 mil para 40 mil, alta de 2,5%.

 

Shopping Estação Cuiabá, o caçula cuiabano. 

Em 2019, os dados do IBGE mostram aumento das contratações temporárias do 1º para o 2º trimestre em Cuiabá (31,5%), Vale
do Rio Cuiabá (21,8%), Mato Grosso (2,4%), Centro-Oeste (5,8%) e Brasil (5,6%). Na Capital mato-grossense, os contratos de
trabalho temporário totalizaram 25 mil no 2º trimestre, ante 19 mil no 1º trimestre deste ano. Na região do Vale do Rio Cuiabá – que agrega a Capital, Várzea Grande, Nossa Senhora do Livramento e Santo Antônio do Leverger -foram contabilizados 39 mil
vínculos temporários no 2º trimestre deste ano, ante 32 mil no trimestre anterior.

Por todo o Estado, as contratações temporárias passaram de 121 mil para 124 mil do 1º para o 2º trimestre de 2019.
Nesse intervalo, o quantitativo de trabalhadores temporários aumentou de 478 mil para 506 mil no Centro-Oeste. No restante do país havia 6,179 milhões de pessoas contratadas nessa modalidade no 2º trimestre de 2019, ante 5,850 milhões no 1º trimestre deste ano.

.

Siga Empregos Cuiabá no Instagram, clique no @empregoscuiabamt

Job Categories: Emprego em Cuiabá, Emprego em Mato Grosso, Emprego em Várzea Grande e Emprego na Grande Cuiabá.

Ilimitado.

636 total de vistas, 1 hoje

Candidatar-me a esta Oferta